Como ser uma Deusa Tântrica


Ela está resgatando de seu poder...

Ela escolheu abençoar tudo o que vier em seu caminho.

Ela escolheu abraçar todas as partes do seu ser.

Ela escolheu estar confortável em sua perfeita imperfeição.

Ela escolheu honrar o que sua alma deseja.

Ela escolheu a acreditar em sua própria sabedoria.

Ela optou por usar sua coroa, para falar com a luz que ela é e repousar na beleza de seu próprio Ser...

Toda a Shakti tântrica é, ou procura ser a verdadeira mulher.

Aquela que se atreve a mergulhar no seu próprio ser para descobrir as suas fontes interiores essenciais. Ela é a Deusa, isto é, a encarnação de tudo o que existe e está presente, a energia cósmica primordial, embora possa não estar consciente disso. Um dos objetivos do Tantra envolve estabelecer uma relação consciente entre o ego e a inteligência superior do corpo.

Proponho aqui um Lila, uma brincadeira, sete maneiras de se tornar uma "deusa tântrica".

Uma das características do Tantra como um caminho espiritual é que ele venera o feminino. Em contraste com tantas escolas espirituais e religiões que vêem o princípio feminino como um obstáculo à iluminação, uma distração ou mesmo como um gênero inferior. O Tantra, por outro lado venera Shakti, o princípio feminino e o honra como uma maneira rápida para o despertar.

"Shakti" é o princípio cósmico feminino, é a energia ou poder feminino. A sexualidade feminina é uma das forças mais poderosas do universo, até hoje é temida, muitas vezes castrada ou manipulada pra ter poder sobre o outro, basta ter um vislumbre de publicidade moderna para ver o uso da sexualidade feminina em todo o mundo. Ou assistir a uma mulher em trabalho de parto para ver o incrível poder da energia feminina na força.

Assim, no Tantra, para se tornar uma mulher em sua potência total o feminino é celebrado. Para ser uma mulher com a energia sexual desperta. Os homens tântricos comemoram poder feminino adorando o princípio Shakti em mulheres. Mulheres tântricas em troca adoram o aspecto de Shiva nos homens. o aspecto da própria consciência.

Como você pode se tornar uma "deusa tântrica"? Esta idéia de se tornar deusa para o Tantra não é uma mera fantasia. O corpo é visto como o templo do espírito, e assim, ao avançar no Tantra há muitas práticas para ajudar ancorar nas mulheres a energia de Shakti.

Aqui estão sete maneiras de manifestar a sua deusa interior:

  1. Ressonância. Este é um princípio que significa meditar sobre alguma coisa, a fim de criar uma ressonância com ele. Portanto, você pode ter imagens de deusas e colocá-los em torno de sua casa como espelhos de sua própria natureza essencial. Tradicionalmente, um grupo de dez deusas chamado de "mahavidyas" foram usados por tantrikas para esta finalidade. No entanto, nesta era multi-cultural em que estamos, você pode querer procurar inspiração de outras fontes. Uma ótima ferramenta para usar é uma plataforma do oraculo das deusas, cartões com imagens e meditações associados, tais como "Oraculo das Deusas" ou "Kuan Yin Oracle".

  2. Transfiguração. Similar à ressonância, transfiguração significa ver o divino dentro de tudo. Isto significa que quando você olha no espelho, você se concentra em ver a sua beleza e esplendor, qualidades de Shakti. Se você está acostumado a olhar em um espelho para se concentrar em falhas percebidas, reconheça isso como um mero hábito e treine para substituí-lo. Ficar nua na frente de um espelho e procure ver a luz que brilha através de seu Ser. Comemore sua própria expressão única do feminino, se você é naturalmente curvilínea ou naturalmente magra. Tente transcender ditados culturais do que é a beleza.

  3. Voltar para a natureza. Shakti é vista em sua perfeição através da natureza. De fato a Mãe Natureza é vista como a deusa suprema, ou "Parashakti". Temos também a idéia de Gaia como uma deusa, a terra está viva e uma enorme energia flui através de sua força vital. Portanto, nós, como mulher somos todos os pequenos pedaços de natureza, como as flores no jardim! Você pode cultivar a sua própria natureza da deusa passando tempo de qualidade na natureza. Especialmente tentando se conectar com a energia encontrada na natureza, respirá-la. Muitos dos antigos métodos tântricos e taoístas das Artes sexuais trabalham diretamente com essa energia para ajudar a mulher a desenvolver sua energia sexual. A tantrica afasta-se do desenvolvimento de uma sexualidade cultural e, em vez disso desenvolve uma sexualidade natural.

  4. Aproveite o seu prazer. O tantra não é um caminho ascético. Ele não usa auto-punição como um método de despertar, nem nega o desejo. Em vez disso, ele usa o desejo como um caminho para o divino. O princípio do prazer é, portanto, muito importante no Tantra. O aspecto fundamental aqui é a consciência, e quando você olha em torno de você percebe que a maioria do prazer na sociedade é tomado sob a influência de drogas ou álcool ou no escuro da inconsciência. Recupere o seu prazer! Coma uma fruta suculenta com seu néctar escorrendo de seus dedos com abandono selvagem! Permita o prazer se tornar o objeto de sua meditação. Antes que você perceba, você vai se tornando mais orgástica em todos os sentidos!

  5. Comemore suas irmãs! Tantra não é um caminho solitário para eremitas em cavernas. É um caminho de vida, relacionamento e comunidade. Infelizmente, a maioria das mulheres têm sido levadas a cultivar a inveja e competição com outras mulheres. Nada poderia ser mais prejudicial para a irmandade de uma Tantrika. Em vez disso, a mulher tântrica pretende fundir-se em suas irmãs ... para ver a Deusa viva dentro de cada uma deles. Se você encontrar sua mente julgando outra mulher, escolha conscientemente substituir o julgamento com uma celebração de sua beleza.

  6. Mexa seu corpo. A Dança tem sido tradicionalmente uma prática para as mulheres no caminho tântrico. Nos templos tântricos antigos na Índia, eram encontradas as dançarinas do templo, ou devadasis. Estas mulheres encarnavam a energia feminina tão perfeitamente que as pessoas podiam se tornar iluminado (ver o divino dentro de si) apenas ao observá-las! É uma prática essencial para as mulheres no caminho tântrico para mover energia em seus corpos dançando. Coloque a sua música favorita e dance!

  7. Escolha homens que sustentem a sua energia. Que dão suporte, poder de sustentação do alto nível energético que você alcance. Os homens tântricos de tempos antigos iam para templos para assistir mulheres dançarem. Eles veneravam o princípio feminino como uma forma de realização divina. Um homem também pode despertar a Deusa dentro de você por transferência ... vendo a deusa dentro de você. Isso explica por que as mulheres têm tradicionalmente o hábito de gostar que homens compram flores. Então deixe-se ser celebrada! Permita-se ser amada! Permita-se ser vista como a deusa que você é!

No nosso próximo encontro no Yoniversum Despertando Shakti, de 22 à 24 de Setembro no sítio Recanto Lakshmi, continuaremos nossa jornada, e especialmente neste grupo, além de tudo, teremos Yoga Dance, dança circular na fogueira e Temazcal (Tenda do suor) e uma vivência de Shakti Drum. Reserve já sua vaga pelo email info@premsamit.com

E em novembro teremos nossa edição especial na Osheanic International, de 2 à 5 de novembro, em Fortaleza, as inscrições estão abertas pelo email cocriadores@premsamit.com

O Ser que você será te espera.

Com amor,

Samit

*Foto de Prem Samit por Gleice Bueno

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Todo conteúdo do site é de propriedade do Prem Samit Awakening Center

atualizado em 22.07.2020