Páscoa


"...e depois de vencer a noite escura da Alma, o herói sai da caverna sombria, ganha a Iluminação e transcende para viver a nova vida!"

Sede passantes Este tema da passagem é o tema da Páscoa. Pessah em hebraico, quer dizer passagem. A passagem, no rio, de uma margem à outra margem, a passagem de um pensamento a outro pensamento, a passagem de um estado de consciência a outro estado de consciência. A passagem de um modo de vida a um outro modo de vida. Somos passageiros.

A vida é uma ponte e, como diziam os antigos, não se constrói sua casa sobre uma ponte. Temos que manter, ao mesmo tempo, as duas margens do rio, a matéria e o espírito, o céu e a terra, o masculino e o feminino e fazer a ponte entre estas nossas diferentes partes, sabendo que estamos de passagem. É importante lembrar-se do carácter passageiro de nossa existência, da impermanência de todas as coisas, pois o sofrimento geralmente é de querermos fazer durar o que não foi feito para durar.

A grande páscoa é a passagem desta vida mortal para a vida eterna, é a abertura do coração humano ao coração divino. É a passagem da escravidão para a liberdade, passagem que é simbolizada pela migração dos hebreus, do Egito para a terra Prometida. Mas não é preciso temer o Mar Vermelho. O mar de nossas memórias, de nossos medos, de nossas reações. Temos que atravessar todas estas ondas, todas estas tempestades, para tocar a terra da liberdade, o espaço da liberdade que existe dentro de nós.

Sede passantes. Creio que esta palavra é verdadeiramente um convite para continuarmos nosso caminho a partir do lugar onde algumas vezes paramos. Observemos o que pára a vida em nós, o que impede o amor e o perdão, onde se localiza o medo dentro de nós. É por lá que é preciso passar, é lá o nosso Mar Vermelho. Mas, ao mesmo tempo, não esqueçamos a luz, não esqueçamos a liberdade, a terra que nos foi prometida.

(Jean Yves Leloup)

Dicas de meditação:

- um minuto de silêncio

“Um minuto de silêncio tem um grande poder. Se puder cultivar um minuto de silêncio antes de cada atividade do seu dia, você já estará conseguindo abrir uma clareira para ser visitado pelo seu Eu Maior. Por exemplo, um minuto quando acorda, um minuto antes de se alimentar, um minuto antes de sair para o trabalho... Se puder silenciar por cinco minutos ao dia, eu sinto que você estará obtendo uma grande vitória – uma vitória sobre a matéria; sobre o eu inferior.”Sri Prem Baba

1 minuto em silêncio faz com que você volte de novo para o seu centro. Um minuto para se desligar do mundo lá fora e apenas observar tudo o que se passa: dentro e fora de você. Um único minuto é suficiente para transformar a sua vida.

- leitura "Cartas de Cristo" ~link para baixar o livro gratuitamente:

https://cartasdecristobrasil.com.br/downloads/

- leitura do Evangelho de São Tomás, segundo a interpretação do Osho em "A Semente de Mostarda" ~link para baixar o livro em pdf:

https://sites.google.com/site/pontoholistico/arquivos/A%20Semente%20de%20Mostarda%20-%20Osho.pdf?attredirects=0&d=1

- Vipassana

Vipassana significa ver as coisas como elas realmente são.

A Meditação Vipassana não é uma concentração e não tem um objetivo ao se ficar observando a respiração por uma hora.

Quando os pensamentos, os sentimentos e as sensações surgirem ou quando você perceber sons, cheiros e brisas de fora, simplesmente permita que sua atenção vá para isso. Qualquer coisa que surja pode ser observada, como nuvens passando pelo céu – não se apegue a nada, nem rejeite. Sempre que houver uma escolha do que observar, volte a atenção para a respiração novamente.

Estágios da Meditação Vipassana

Primeiro Estágio: 45 minutos

Sente-se e encontre uma posição confortável, na qual você possa ficar quieto. Caso você precise mudar de posição, está bem; apenas faça isso com delicadeza e conscientemente. Com os olhos fechados, observe o movimento de subida e descida da inspiração e da expiração no ponto um pouco acima do umbigo. Muitas coisas desviarão sua atenção da respiração. Quando isso acontecer, retorne gentilmente sua atenção para a respiração.

Segundo estágio: 15 minutos

Caminhando. Esse é um caminhar lento e natural. Em lugar da respiração, agora o objeto primário da sua observação são seus pés tocando o chão enquanto caminha. Mantendo os olhos baixos, olhando o chão alguns passos à sua frente.

Se você preferir, pode permanecer sentado durante toda a meditação.

Três métodos de Vipassana por Osho :

Vipassana pode ser feito de três maneiras – você pode escolher qual deles combina melhor com você.

A primeira é: a consciência de suas ações, seu corpo, sua mente, seu coração. Andar a pé, você deve andar com consciência. Movendo sua mão, você deve mover-se com consciência, sabendo perfeitamente que você está movendo a mão. Esteja atento aos movimentos do seu corpo.

E o mesmo sobre a sua mente: qualquer que seja o pensamento que passa na tela de sua mente, basta ser um observador. Seja qual for a emoção que passa na tela do seu coração, apenas permaneça uma testemunha – não se envolver, não se identificar, não avaliando o que é bom, o que é ruim, isto não faz parte de sua meditação. Sua meditação tem que ser consciência sem escolha.

A segunda forma é a respiração, tornando-se consciente da respiração. Quando a respiração entra, a barriga começa a subir, e quando a respiração sai, sua barriga começa a se estabelecer novamente. Assim, o segundo método é estar ciente do ventre, subindo e descendo. Apenas a própria consciência da barriga subindo e descendo… E a barriga está muito perto das fontes de vida, porque a criança se une com a vida da mãe através do umbigo. Atrás do umbigo é a fonte de sua vida. Assim, quando a barriga se levanta, é realmente a energia da vida, a fonte da vida que está se levantando e caindo a cada respiração.

E o terceiro é ter consciência da respiração, na entrada, quando a respiração entra pelas narinas. Sinta-a naquele extremo – a outra polaridade da barriga – sentindo a partir do nariz. A respiração entrando dá uma certa frieza nas suas narinas. Em seguida, a respiração saindo… respiração entrando, respiração saindo…

Estas são as três formas. E se você quiser pode fazer duas formas juntas. Então o esforço vai tornar-se mais intenso. Também pode fazer todas as três formas juntas. Em seguida, o processo será mais rápido. Mas tudo depende de você, o que sente ser mais fácil.

- Heart Chakra

Esta é uma meditação que faz conectar com o coração.

Renova a energia através de movimentos em direção aos quatro pontos cardeais, nos deixando mais sensível e amoroso. No momento em que você se preenche com esta amorosidade, vai querer compartilhar com os outros, pois há um transbordamento desta energia. Até o quarto estágio ela é feita de olhos abertos, acompanhando o movimento de expansão das mãos. As mãos têm uma conexão direta com o coração.

Primeiro estágio

a) Comece em pé colocando ambas as mãos sobre o chakra cardíaco em posição de repouso; b) Ao iniciar a música, mova a mão e o pé direito para frente alternadamente, com a mão e o pé esquerdo até o final da música; c) Volte à posição de repouso.

Segundo estágio

a) Ao iniciar a música, mova a mão e o pé direito para o lado direito alternadamente com mão e o pé esquerdo para o lado esquerdo; b) Volte à posição de repouso.

Terceiro estágio

a) Ao iniciar a música nova, a mão e o pé direito para trás, alternando com a mão e o pé esquerdo para trás; b) Volte à posição de repouso.

Quarto estágio

a) Execute sequencialmente os movimentos dos estágios 1, 2 e 3; b) Fique na posição de repouso até tocar o sino. Logo após, sente em silêncio.

Quinto estágio

Mantenha-se sentado de olhos fechados até o final da música e dos sinos.

A meditação HEART CHAKRA é um exercício baseado na tradição Sufi com centenas de anos. É um exercício muito simples de respiração e movimento, que pode ajudar a aliviar a tensão interna, ao permitir que a energia do coração flua de novo livremente. Quando o chakra cardíaco (ponto médio dos restantes chakras) está aberto, todas as energias fluem livremente. Os bloqueios internos nessa altura não existem e a pessoa sente-se profundamente unida a si própria e a todos os outros seres. A pessoa sente-se protegida e irradia calor, satisfação e compaixão. Os bloqueios internos e a fragilidade ou o medo de ser rejeitado, que por vezes se sente, tendem a desaparecer.

Esta meditação dura cerca de 1 hora e é praticada inicialmente (30 min) de pé, ao som da música, e na última fase (20 min) é feita em silêncio e total imobilidade, sentado. A música é de Karunesh. (você pode encontrar o vídeo tutorial com a música no youtube)

- atividades contemplativas.

Próximos workshops com Prem Samit consulte nossa agenda no site www.premsamit.com/agenda

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Todo conteúdo do site é de propriedade do Prem Samit Awakening Center

atualizado em 22.07.2020