YoniVersum

Despertando Shakti

Um grupo exclusivo para mulheres, propondo o despertar da Mulher
(Shakti) em sua totalidade.

 

"Cada mulher que cura a si mesma contribui para curar a todas as mulheres que a precederam e a todas aquelas que virão depois dela".

Sinta-se acolhida, e muito bem-vinda! 

Tudo o que você busca está em você. 

O Ser que você será te espera. 

Pela cura e resgate do sagrado feminino.

Conte comigo nesta jornada.

Com Amor,

Prem Samit Janaina Benke  

 

Os retiros acontecem no Sítio Recanto Lakshmi (próx. SP) , na Osheanic International (Fortaleza) e no Novo Portal da Chapada (Alto Paraíso) e são ministrados por Prem Samit e uma equipe de assistentes. 

Despertando as 7 Shaktis em seus Poderes-Forças-Energias femininasemanadas dos 7 estados de Consciência, as expressões espirituais do universo (arquétipos de shaktis).

A união das 7 Shaktis desperta sua MAHASHAKTI, a Energia Cósmica da Mãe Transcendente, a Verdadeira Sacerdotisa.


Adi-Shakti – Vontade, Propósito ou Iniciativa – Poder da Compaixão
Parashakti – Sinergia, Unicidade, Integração – O Poder do Amor-Sabedoria ou Amor-Bondade ou Amor Incondicional
Jñanashakti - Percepção Superior – conhecimento Superior, Compreensão, Bem-aventurança pró-Atividade Inteligente/ consciente, conhecimento abstrato ativo
Mantrikashakti – Harmonia – (pelo atrito ou conflito) – Equanimidade, Equilíbrio, Conciliação.

Ichchashkti – Ciência, conhecimento concreto e objetivo – conhecimento intencional, intenção de criação concreta.
Kryashakti – Idealismo, devoção, aspiração, inspiração.
K U N D A L I N I S H A K T I – Força criadora, formadora e mantenedora de vida, Teurgia.
Mahashakti – Síntese de Todas as Shaktis – É O Feminino Supremo, a Grande Mãe Universal,manifesta, plasma, concebe toda a Consciência Cósmica, em todos os seus aspectos. Ela dispõe, organiza a harmonia das forças da Energia Cósmica, pondo tudo no movimento da vida.

 

Tudo o que existe é a projeção de suas emanações.

Despertando Shakti, a mulher sagrada, tântrica, íntegra, integral. 

Mulheres despertas à energia que mobilizam, à sua força e poder de criação,como canal de receptividade, de compaixão, de fluidez,de cura, de transcendência, de intuição, de acolhimento, de cuidado,
de amor incondicional.

Dentro de nós mulheres habitam arquétipos do feminino, Evas, Liliths, Heras, Afrodites, Ártemis, Morganas, Kalis, Kuan Yins, Parvatis, Saraswatis, Lakshmis, Dakinis, Shaktis. 

 

Da Shakti emana a vida e a realidade transcendentais. Como Sabedoria, na sua característica receptiva-passiva, ela é o conhecimento direto supremo (insight) da verdade, ou seja, da essência, da natureza vazia e atemporal de tudo o que acreditamos existir por si mesmo. Assim, o antigo cálice da espontânea energia procriadora tornou-se o portador do símbolo da sabedoria que o transcende, uma sabedoria que conduz para além da magia de Maya (ilusão).

Esta é uma vivência rica de práticas meditativas
que despertam a consciência da Sexualidade Sagrada,
seus mistérios, dessa energia capaz de criar uma vida e sim, capaz de criar tudo o que existe, assumindo a responsabilidade de mobilizar essa energia recriando a própria vida, onde dançaremos até nos dissolvermos, para nos redescobrirmos plenas, livres, em paz com nossa essência sagrada feminina, aceitando nossas inúmeras facetas, luz e sombra.

Shakti, também é símbolo da mãe divina que sustenta o universo, todos os seres, e a yoni, útero dos ciclos perenes dos éons, de todos os universos que se expandem infinitos no espaço, de cada átomo de célula vivente.

Ela é o próprio útero (vaso, cálice, recipiente) que ‘contém’ todo o poder de ‘projeção’ e por isso, contém todas as formas, as formas fragmentadas, todas as possibilidades do ‘mundo’, dos fenômenos.

O princípio feminino é o aspecto energético, dinâmico e realizador da divindade ou da consciência.

Este é um retiro de transformação profunda para o perdão e
a limpeza dos padrões de repressão do feminino, onde se cura a Guerreira Ferida e se refaz a conexão com a Deusa Interior.


Abrimo-nos ao equilíbrio de todas as forças do que é Ser Mulher: mãe,
amante, guerreira, menina, sábia. Aumentamos significativamente a nossa intuição, sensibilidade, receptividade e a capacidade de acender ao Portal do Sagrado Feminino, mediante o nosso próprio corpo.

 

Na época presente passamos por um reacordar, um despertar do poder da energia feminina, onde somos chamadas a descobrir o potencial que temos dentro dos nossos corpos femininos,
o Poder de Ser Mulher e o que a Sexualidade representa
para o coletivo humano.

A partir dessa cura do feminino em nós mesmas, ancorar a energia para dar a luz à uma nova humanidade. 

Em nosso Círculo de mulheres buscadoras de si mesmas, reabriremos este portal energético para descobrir, recordar e entender melhor tudo o que carregamos dentro de nós.

Nas culturas ancestrais, a mulher desempenhava um papel importante na concepção da sacralidade da Vida e a sua sexualidade era entendida como um Portal Divino.

Devido à força e poder que isto representava, iniciou-se um longo período de repressão e culpa, onde a nossa sensualidade foi calcada, desprezada e discriminada.

Se sente que o teu corpo abriga mistérios divinos,
se intui a tua sexualidade como um portal e não sabe como o abrir, se no interior de ti a ansiedade te chama a um despertar e não sabe em direção a quê, se é intuitiva, sente que tem o poder de cura e de criação e não se atreve a exprimi-lo por medo do teu próprio poder ou por uma dor profunda no teu centro...


Esta é a hora.
Se ao ler estas palavras o teu ser ressoa e vibra, a tua alma reconhece esta frequência e o teu corpo a convida a ouvi-lo com atenção.

Mas a auto responsabilidade, ela não se manifesta enquanto houver distorção do feminino dentro. 

Chegou a hora de uma mudança.
Essa mudança começa aqui, agora, dentro de você.

Como é que você está em relação à sua mãe?
Procure olhar nos olhos dela.
E veja se você pode verdadeiramente dizer: muito obrigado por absolutamente tudo.

Porque a gratidão, ela rompe a destrutividade dentro de você. 
E se não está nesse ponto de gratidão, tenha a coragem de admitir que tem contas abertas com o passado.
Mas você só se liberta do passado, se harmonizando com ele.

Quando estamos em harmonia com o feminino dentro de nós mesmos, somos agraciados com aceitação, com a confiança. E erradicamos da alma o nosso verdadeiro inimigo...o medo. Medo da vida."
(Sri Prem Baba)


O foco do trabalho é a cura , a transcendência e 
o desenvolvimento integral, o Ser.

A mãe divina está nesse momento sofrendo as dores do parto,
de parir a verdade.
E esse processo de parto traz uma fricção, traz um balanço.
E o balanço que estamos vivendo é justamente para tomar consciência da nossa responsabilidade em tudo isso que está acontecendo.

Chegou o tempo para pesarmos uma nova consciência nesse planeta. Precisamos nos relacionar com a natureza de uma forma diferente. Precisamos nos relacionar com nós mesmos de uma forma diferente.

Honestidade é a forma de amor mais urgente e necessária nesse momento da evolução da raça humana e consequentemente auto responsabilidade.

É fundamental que você possa acordar pra compreender que você está
onde se coloca.

"Se você quer conhecer como realmente está uma sociedade em seu nível mais profundo;
observe como essa sociedade se relaciona com o feminino.
O feminino é a receptividade, a aceitação. E a distorção do feminino é a ideia da vítima, é a carência afetiva.
Essa é a raiz da doença humana. 

O masculino é o poder de ação, o poder de realização, que quando distorcido se transforma em violência, na intimidação.
Esse é o encantamento com a mente.

Nos Workshops utilizamos várias técnicas canalizadas pelo portal da intuição, para silenciar a mente e despertar a consciência do Amor incondicional.


Em sintonia com o fluxo do movimento intuitivo, usaremos várias danças meditativas, integração com a Natureza, Soul Motion, Meditações Ativas (Osho), Terapias Integradas de Respiração, 5 Rythms (Gabrielle Roth), Danças iniciáticas Orientais, Meditações xamânicas, Kundalini Dance, danças arquetípicas de Isadora Duncan, Yoga, Chi Gong, Ressonância Energética, Touch Life, Meditações Vibracionais (Reich), Esalen Massagem, Arte terapia, Tanztheather (Pina Bausch), Terapia Primal, Flushing, Pulsation, Rebirthing (Leonard Orr), Soul Voice, Labirinto iniciático, Mantras, Puja e algumas das 112 meditações descritas no Vigyan Bhairav Tantra de 5000 anos atrás - literalmente traduzindo, "técnicas para se ir além da consciência".


Usamos essas técnicas como fonte de inspiração, mas mixamos essas referências intuitivamente de uma forma autêntica, única para cada grupo.


Um mergulho profundo em si mesmo em um ambiente propício à  essa jornada interior,
em profunda entrega e confiança. 

"A Essência da mulher precisa ser resgatada.

Sua Alma precisa ser libertada.

E sua Dança interior deve ser praticada.

Quando a espiritualidade feminina for resgatada

haverá a maior de todas as revoluções da sociedade".

(Osho) 

 

O feminino contém o mistério da criação.

 

Esta verdade simples e primordial é freqüentemente negligenciada,
mas neste tempo de crise global,
que também carrega as sementes da transformação global,
temos de despertar o poder espiritual e potencial do feminino.

 

Sem o feminino nada novo pode nascer,
nada novo pode vir à existência.

SHAKTI significa o princípio feminino da criação,
os aspectos femininos em todos os níveis e dimensões; 
o aspecto do poder interior, poder da consciência,
poder planetário, cósmico,Absoluto.

 

Shakti é vida, é energia, é matéria,
é a força pré-existente e existente que manifesta,
emana, plasma, ancora, aterra.

É o poder de criação, sustentação e transformação.

 

Shakti é o poder divino feminino,
que tanto desperta a consciência,
como manifesta a consciência.

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Todo conteúdo do site é de propriedade do Prem Samit Awakening Center

atualizado em 29.01.2018